Resenha: P. S. Eu te amo - Cecelia Ahern

30 julho 2014

SinopseGerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.

Páginas: 368
Título original: P. S. I love you
Autor: Cecelia Ahern
Editora: Novo conceito
Nota

Existem amores que duram mais que uma vida...

Holly e Gerry eram namorados uma vida toda, se amavam incondicionalmente e  juraram amor eterno um para outro, infelizmente a vida pregou uma peça neles e após uma simples dor de cabeça Gerry é diagnosticado com um tumor cerebral, é ai que a vida dos dois desaba, afinal por que se enganar e esperar uma cura que não tem chance de ocorrer? Eles sabem muito bem o que está reservado para eles, Gerry piora a cada dia e eles vivem à espera do inevitável... Para ele, a morte e fim de seu sofrimento. Para ela, uma vida de solidão e tristeza sem o seu marido e porto seguro.

Após a morte de seu amor, Holly se encontra sem forças e sem vontade de viver, ela não sai de casa, não come, não dorme direito e só sabe chorar. É difícil aceitar que seu companheiro partiu, eram tão apegados um no outro e Holly era muito dependente dele. Para sua surpresa um dia é avisada de que chegou uma caixa para ela na casa de sua mãe, era "a lista" a qual Gerry uma vez brincou dizendo que ia deixar quando partisse, ele levou a brincadeira a sério e cumpriu sua promessa. 

Agora Holly tinha dez envelopes que deveriam ser abertos um a cada mês especifico, dez instruções que seu marido deixou para ela seguir em frente e aprender a viver sem ele. Ele sabia que seria difícil para ela e sabia que tinha que confortá-la de alguma maneira, durante dez meses ela teria algo para se agarrar, algo que a ajudaria a se reerguer e tocar sua vida para a frente.

Holly segue direitinho cada instrução e aos poucos vai retomando sua vida, se aproxima mais de sua família, volta a se aventurar com suas amigas Sharon e Denise, passa por alguns apuros, algumas loucuras e muitas emoções, os meses vão passando e cada envelope é uma surpresa, um guia para as coisas irem se encaixando no seu lugar, e ela teme o dia em que não terá mais os envelopes para lhe guiar e então terá que continuar sem eles. Mas Gerry está sempre em seu pensamento e seu coração, e ela sabe que não está sozinha, afinal "Existem amores que duram mais que uma vida".

"P. S. Eu sempre te amarei...."

P. S. Eu te amo é um livro que me envolveu e tocou meu coração profundamente,  afinal perder alguém é muito doloroso, e quem não gostaria de receber recomendações para seguir em frente e aprender a viver sem a pessoa que amamos e que partiu? Gerry foi maravilhoso ao fazer isso pela sua esposa. Cecelia Ahern sabe prender o leitor e arrancar muitos risos e lágrimas, era tudo tão profundo que é como se eu estivesse sentindo o que a protagonista sentia e me coloquei no lugar dela várias vezes, parecia tudo tão real. É incrível e lindo, além de ser um livro de superação e recomeço. Pra quem gosta de romance e comedia romântica tem que ler P. S. Eu te amo, super recomendo, amei e foi para minha lista de favoritos. 
P. S. prepare o coração antes de ler...







10 comentários:

  1. No começo o livro não estava me empolgando muito. Mas depois fiquei totalmente apaixonada! A escrita da Cecelia também é fora de série.

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu vi o filme primeiro e amei. Assim quando li o livro já gostava da história. Mas conforme fui lendo fui gostando ainda mais das diferenças entre os dois. É um ótimo livro. Parabéns pela resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li o livro primeiro, ja o filme nao gostei tanto assim, obrigada linda!
      bjs!

      Excluir
  3. Eu vi o filme e sai chorando o tempo todo... se for ler o livro, haja baldes. Perfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk serio Aline??! eu chorei muito com o livro, o filme nao gostei tanto assim kkkk
      beijos

      Excluir
  4. Também li esse livro e gostei bastante, mas por incrível que possa ser não mais que o filme. Ah...engraçado que senti o mesmo que você me colocando no lugar da personagem principal, muito sentida eu fiquei.
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  5. ótima resenha <3
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!